Cominho e a Ajuda na Balança

O cominho é um tempero delicioso que ajuda na saúde e ainda emagrece.

Artigo publicado por Aline Couto nas categorias: Produtos

Nos últimos anos mais e mais descobertas no campo da nutrição surgem e nos impressionam o quanto é possível viver bem, controlar o peso e as enfermidades que o sobrepeso acarreta. Isso ocorre devido ao inchaço populacional e consequentemente tudo o que ele desencadeia, como por exemplo, o caso do trabalho excessivo, muitas horas sem cuidarmos de nós e nossa saúde, fazendo com que nos alimentemos mal, e toda aquela conversa incessantemente esmiuçada nos canais de dicas de bem estar. Uma das maiores descobertas na área da alimentação é o poder que muitos temperos caseiros possuem e nem damos conta, aqueles que nossas avós, mães, tias, e demais parentes costumar ter em casa e os usam para fazer aquelas receitas deliciosas quando a reunimos familiares e amigos. Hoje a atenção especial será dada ao cominho:

cominho-e-a-ajuda-na-balanca

De Onde Vem o Cominho

Sua origem é da Europa, muito utilizado por civilizações muito antigas como os celtas, druidas, que posteriormente foi adotada pelos romanos e mais adiante, nas invasões dos cruzados no interior da Europa, sua popularidade chegou até o oriente médio e Índia, vez que se tornou muito utilizado pelos cristãos e vários povos que ainda não conheciam o tempero de sabor picante e ao mesmo tempo refrescante, como se fosse um intermediário entre a pimenta e o anis.

Cominho e a Balança

Assim como outros temperos, o cominho se destaca por auxiliar na perda de peso. A maioria das ervas e temperos que conhecemos provoca algumas alterações no funcionamento do organismo e por isso são a base de muitos remédios modernos atualmente. Na antiguidade, essas propriedades já eram rudimentarmente estudada pelos povos celtas, que os usavam como remédios.

Cominho e a Saúde

O cominho ajuda na queima natural de gordura, redução do mal colesterol, redução de taxas de glicemia no sangue, visto que como outros temperos, também ocasiona um leve aumento da atividade metabólica, funcionando como um “nitro” no funcionamento do corpo, assim como chás, e outras ervas que nos proporcionam bem estar.

Pesquisas

Para ter uma ideia, pesquisadores da Universidade de Ciências Médicas de Shahid Sadoughi, no Irã, constataram que um grupo de pessoas que ingeriu menos de 5 g de cominho em pó diariamente misturados ao iogurte, tiveram uma redução de 550 kcal diárias em relação a outro grupo de pessoas que somente ingeriram iogurte sem cominho. Agora o que se busca descobrir é se o que ocasionou essa redução de consumo de calorias foram as propriedades medicinais do cominho ou o fato de ser um tempero bem aromático, fica por um tempo agindo no sistema digestivo exalando seu leve sabor, e com isso, a sensação de saciedade perdura mais um pouco e faz com que as pessoas procurem menos o que comer.

E nessa pesquisa feita pelo iranianos, ficou constatado que ao final dos três meses de pesquisa, o grupo de pessoas que consumiu o cominho teve uma perda média de 1,2 kg a 1,5 kg, e sem dúvida alguma, outras pesquisas se repetiram e apontaram resultados semelhantes.

Enfim, muitas vezes nem precisamos recorrer a remédios caros para emagrecer, basta pesquisar a origem e história de muitas hortaliças e demais remédios naturais e constatarmos que muitas curas estão bem a nossa frente.

Aline Couto

Autora

Aline Couto já testou um pouco de todas as dietas e está sempre ligada nas últimas pesquisas e novos lançamentos na área de emagrecimento.



Comente!




*Campos obrigatórios