Efedrina

Conheça os efeitos da Efedrina para perda de peso

Artigo publicado por Aline Couto nas categorias: Remédios para Emagrecer

A Efedrina (Benzenemethanol) é uma substância química que pode ser encontrada em determinadas plantas efedráceas (espécies de arbustos). Seu uso é indicado para pessoas com broncoespasmo, choque, descongestionante brônquico, hipotensão entre outros. Trata-se de um fármaco broncodilatador, e vasopressor, pode ser encontrado no mercado com os nomes de Abbot Efedrina, Unifederine e Efedrin. Sua utilização normalmente é injetável, podendo ser por vias intramusculares e/ou intravenosa e subcutânea.

Como Funciona

A Efedrina possuis substâncias similares a da anfetamina, e seu uso é muito comum em medicamentos que visam o emagrecimento, isto porque a efedrina acelera o metabolismo do indivíduo que a utiliza, facilitando a queima de gordura através da produção de calor, e a atuação no sistema nervoso central. Normalmente os medicamentos com a substância, possuem de 15 à 25 mg da droga e uns dos mais conhecidos são o Marax, que possui 25 mg, e o Franol com 15mg.

Efedrina

Proibição e Efeitos Colaterais

Devido aos seus terríveis efeitos colaterais o uso deste medicamento foi proibido. O uso da Efedrina pode causar aumento da pressão arterial, palpitações, vertigens, tremores, suor em excesso, diminuição e perda total do apetite, diarréia, náuseas, danos no estômago, nervosismo e irritabilidade, e não para por aí. O uso em excesso dessa substância traz efeitos devastadores cardiovasculares, aumentando a frequência cardíaca e podendo ocasionar arritmias, infartos e até mesmo a morte do paciente.

Injeção para Emagrecer

Perigo

Como todos os medicamentos para emagrecer o uso da efedrina não é a maneira mais correta de se perder peso e atingir seus objetivos com a balança. Suas contra indicações dever ser levadas a sério, e os seus efeitos colaterais são extremamente perigosos. Se seu interesse é a perda de peso, ou seja, o emagrecimento, primeiramente, faça um reeducação alimentar, comece mudando suas refeições para alimentos mais leves, incluindo verduras e vegetais, grãos, proteínas, e carboidratos de maneira balanceada.

 

Alternativas

Uma ótima opção é marcar uma consulta com um endocrinologista, para que ele elabora a dieta ideal para o seu organismo. Lembre-se também de praticar exercícios físicos, isto por que, as atividades físicas aceleram o processo do emagrecimento além de proporcionar diversos benefícios para sua saúde. Não existe emagrecimento sem esforço, não de maneira saudável, então tome cuidado com essas substâncias que prometem milagres, por que as consequências de seu uso são bem maiores do que os benefícios.

Aline Couto

Autora

Aline Couto já testou um pouco de todas as dietas e está sempre ligada nas últimas pesquisas e novos lançamentos na área de emagrecimento.



4 comentários

  1. Roberta

    Enquanto a ANVISA continuar a agir de maneira arbitrária em relação ao cancelamento do registro dos medicamentos anorexígenos, certamente muitas outras complicações de grande severidade surgirão devido a falta do arsenal terapêutico anti obesidade, fazendo com que a busca e desenfreado consumo de medicações off label seja em progressões jamais vistas, totalmente fora de controle das autoridades médicas, o quê é deverasmente pior em termos de saúde pública. Será que nenhuma autoridade política está percebendo as terríveis consequências da proibição dos medicamentos anorexígenos!?! BRASiL ACORDA!!! AUTORIDADES FAÇAM ALGUMA COISA!!! Todo obeso tem o direito de tomar a medicação que foi devidamente prescrita pelo seu médico, e NÃO pelo medicamento IMPOSTO pela ANVISA!!! Para que servem os médicos se a ANVISA já determinou que somente a Sibutramina é o medicamento anti obesidade disponível??? ABRAM OS OLHOS SENHORES POLÍTICOS!!! Alguma coisa está errada ou no mínimo estranha com este posicionamento da ANVISA!!! OBESOS Precisam e TÊM Direito ao tratamento PROPOSTO e NÃO ao tratamento IMPOSTO pela ANVISA!!! Investiguem e façam valer a DEMOCRACIA deste BRASIL!!!

  2. christian

    O GOVERNO É SAFADO TRABALHO COM CAMINHAO A 20 ANOA E TOMAVA O DESOBESI-M . JA USEI TODOS ME AJUDAVA NO PESO E A NOITE TIRAVA MEU SONO E HOJE VEJO MOTORISTA NOVATO USANDO PO COCAINA, PORQ NAO SE ACHA MAIS A ANFETAMINA

  3. josiane

    É engraçado ver como as coisas funcionam aqui no Brasil,o governo se preocupa em sancionar leis mais leis para proibir o uso de medicamentos que auxiliam na perda de peso por que alegam que faz mau a saúde,e convenhamos conseguiram e muito dificultar a venda desses remédios.O que eles deveriam se preocupar é com a venda de cocaína, crak que hoje em dia se encontra em qualquer esquina.

  4. Anônimo

    porque então um medicamento assim continua no mercado ?

Comente!




*Campos obrigatórios