Tratamentos Para Estrias

Descubra quais são algumas opções para tratar estrias

Artigo publicado por Aline Couto nas categorias: Estética

Depois da celulite, estrias são uma das coisas que mais incomodam as mulheres com relação ao corpo. Ela se formam como cicatrizes em momentos e por motivos variados e dependendo da pele da pessoa. Algumas pessoas possuem predisposição genética, outras apenas acabam apenas com uma quantidade insuficiente de colágeno e de fibras na pele. Existe mais de um tipo de estria e cada uma requer um tratamento diferente. Veja a seguir.

Diferenças entre estrias

O tratamento para estrias varia com o estágio em que elas se encontram. Estrias vermelhas ou arroxeadas são do tipo que ainda estão em fase inicial, infamatória, o que significa que vão responder melhor a um tratamento que estrias brancas, que já estão formadas. É bem pouco provável que estrias brancas desapareçam, mas podem ser atenuadas.

As estrias são causadas por:

  • Crescimento rápido;
  • Ganho de peso excessivo ou repentino;
  • Excesso de massa musculas;
  • Alterações hormonais (como ocorre no caso de uma gravidez);
  • Predisposição genética que leve a baixa ou deficiência de colágeno e de fibras na pele.

Estrias

A prevenção de estrias está em ter uma pele muito bem hidratada, passando um bom creme todos os dias, bebendo bastante água e evitando ganhar grandes quantidades de peso num período muito curto.

Existem cremes específicos para tratar estrias que estão começando a se informar com ácido retinoico em sua composição. Geralmente são usados no início da formação das estrias ou em associação a um tratamento. Para obter um bom creme, visite um dermatologista que possa indicar um pra você comprar ou mandar manipular numa farmácia.

Tratamentos

Peeling de Ácido Retinoico

Depois de uma raspagem com microesfoliantes, é aplicado um ácido retinoico com ação regeneradora, que é coberto com um plástico que deve permanecer sobre a pele por em torno de 6 horas para garantir a absorção. O peeling age removendo a camada mais superficial da pele, o que vai causar um processo inflamatório e estimular a renovação apresentando resultados gradativos. Depois disso, o produto é retirado com água corrente. O procedimento não dói, mas depois a pele pode ficar vermelha e apresentar coceiras. Não se pode tomar sol durante o tratamento. Há uma melhora de 40 a 50% em três sessões.

Subcisão

Com uma agulha específica, é separada a parte mais superficial da pele do restante, fazendo com que o sangue e as células que coagulam cicatrizem a estria novamente, fazendo com que a superfície da estria se aproxime do restante da pele. Deve ser feita associada a outros tratamentos e apresenta entre 40 e 50% de melhora em três sessões.

Tratamento para Estrias

Laser Fracionado

Indicado para estrias vermelhas, é realizado com a aplicação da luz diretamente nas estrias, atingindo os vasos e provocando um aquecimento no local e um estímulo da produção de colágeno. As sessões costumam durar em torno de 15 minutos e em três sessões há uma melhora de 50%. Não dói.

Carboxiterapia

A carboxiterapia é um procedimento não cirúrgico que funciona através de injeção de gás carbônico sob a pele para eliminar estrias, celulite, flacidez e gordura localizada. Clique aqui para saber mais sobre a Carboxiterapia.

Preços

O orçamento de cada tratamento é geralmente avaliado de acordo com as estrias de cada pessoa. A melhor opção é fechar pacotes de várias sessões (de acordo com o seu grau de estrias) para reduzir os valores. Cada sessão pode custar a partir de R$50,00.

Nenhum desses tratamentos é indicado a gestantes, pessoas com a pele escura ou muito bronzeada, nem no caso de peles lesionadas.

Aline Couto

Autora

Aline Couto já testou um pouco de todas as dietas e está sempre ligada nas últimas pesquisas e novos lançamentos na área de emagrecimento.



Comente!




*Campos obrigatórios